CURSO

LGPD NA PRÁTICA

para igrejas e instituições religiosas

 

 

O que é a LGPD?

É uma lei que regulamenta como deve ser feito o tratamento de dados pessoais (inclusive nos meios digitais) por uma pessoa natural ou jurídica (seja pública ou privada), com a finalidade de proteger a liberdade, a privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural.

Objetivo do Curso

O curso promove o esclarecimento a respeito dos conceitos teóricos e a prática para adequação das igrejas e instituições religiosas frente a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/2018). Apresenta o alcance desta lei, as alterações necessárias para atender esta legislação sem perder a autonomia para a propagação do Reino de Deus.

Lançamento

70 Horas

Duração em até 60 Dias

100% Online

Unidades Temáticas:

 

O que é a LGPD e o que são dados nela mencionados? Dr. Leandro
Necessidade de adequação à Lei Dr. Ricardo e Dr. Esron
Dados que a Igreja detém e os tratamentos que realiza Dr. Adelmo
Prática de Implementação I Dr. Ricardo e Dr. Esron- Pato Branco
Prática de Implementação II Dr. Simone

Professores:

Dr. Leandro

Dr. Leandro

Advogado

Dr. Ricardo

Dr. Ricardo

Advogado

Dr. Esrom

Dr. Esrom

Advogado

Dr. Adelmo

Dr. Adelmo

Advogado

Dra. Simone

Dra. Simone

Advogada

 

Informações:

matricula.cursoslivres@fabapar.com.br
WhatsApp: 41 9500-6120

PERGUNTAS FREQUENTES LGPD

1. O que é a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)?
2. Para quem se aplica a LGPD?
3. Quais são as exceções de aplicabilidade da LGPD?
4. Quais são as principais figuras e expressões da LGPD?
5. O que é um dado para a LGPD?
6. O que é banco de DADOS?
7. O que é o TRATAMENTO?
8. Quais os principais aspectos a serem analisados quando se coleta e trata os dados pessoais, sensíveis e anonimizados?
9. Quais as hipóteses legais para se realizar o tratamento dos dados pessoais?
10. O que deve ser observado quanto ao tratamento de dados de crianças e adolescentes?
11. Quais são os direitos dos titulares dos DADOS?
12. O que a não implementação das determinações da LGPD pode acarretar?
13. Quais os benefícios da convenção batista paranaense e das igrejas batistas ao implantarem todos os cuidados determinados pela LGPD?
14. Os dados que armazenei antes da lei precisam se adequar?
15. Posso gravar culto online?
16. E os cultos que já tenho gravados e estão disponiveis nas midias sociais, tenho que apagá-los?
17. Sobre inscrição em eventos, também preciso do termo de consentimento?
18. Quem irá fiscalizar o cumprimento desta lei?
19. Posso continuar divulgando quem são os dizimistas ou manter os envelopes de dízimos com nome e valores?
20. Tem uma ordem específica para realizar este processo de adequação a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)?
21. Posso passar o telefone de um membro para outro ou para uma pessoa que me procure?
22. Posso colocar no estatuto da igreja que quando uma pessoa se torna membro dá seu consentimento para o uso dos seus dados?
23. Como agir em relação aos grupos de WhatsApp?
24. Posso fazer reuniões de oração no Zoom via Youtube?
25. No caso de pessoas falecidas, como tratar estes DADOS?
26. Com o surgimento da lei vamos ter que ter autorização da pessoa para mandarmos para ela newsletter e mensagens via WhatsApp?
27. Posso colocar o nome dos aniversariantes no boletim com o número do telefone para os irmãos poderem parabenizá-lo?
28. Posso pegar o telefone do visitante e ligar para ele durante a semana para orar com ele e agradecer a visita?
29. Os pequenos grupos podem criar um cadastro próprio?
30. Podemos fazer culto online e orar por pessoas falando de forma específica seus pedidos?