Eclesiologia é a área da teologia cristã que estuda sobre a igreja: sua história, mudanças, crises, impacto na sociedade antiga e atual, doutrinas, propósito, entre muitos outros aspectos.

 

O estudo da eclesiologia é extremamente interessante para aqueles que buscam aprofundar seus conhecimentos teológicos, e claro, fundamental para a formação ministerial de pastores e líderes que atuam em igrejas.

 

Compreender a formação da igreja, o que mudou, os momentos de crise, os fundamentos e o que a Bíblia diz sobre essa formação é essencial para pastores, ministros e membros de igrejas tomarem decisões relevantes a respeito da igreja nos dias de hoje. Afinal, conhecer a história de algo tão importante auxilia a não repetir falhas e dar continuidade ao trabalho eclesiástico que cumpra com seu real propósito.

 

Qual o propósito da igreja?

 

A parte da eclesiologia que aborda o propósito da igreja é profunda e abrange diversos aspectos e autores que devem ser estudados. Porém, entre os principais objetivos da igreja estão os de:

 

– Divulgação do evangelho e missões;

– Ensino;

– Serviço;

– Adoração a Deus e;

– Comunhão entre os membros.

 

As funções da igreja caminham em três direções: para cima (atos voltados a Deus, como adoração), para dentro (ações com foco nos membros, como o ensino) e para fora (obras para as pessoas que não fazem parte da igreja, como evangelismo, missões e serviços sociais). 

 

Igreja visível e invisível

 

A igreja pode ser dividida em dois conceitos: visível e invisível. A igreja invisível é a união de todos os cristãos no mundo inteiro, sem divisões de estruturas, doutrinas ou denominações. Em contrapartida, Igreja visível é uma igreja local, uma organização humana de pessoas que têm um compromisso entre si e se reúnem em um local específico.

 

Figuras bíblicas da igreja

 

O Novo Testamento não apresenta um conceito único de igreja, mas aponta diferentes figuras que auxiliam a compreensão e abrangência da natureza da igreja, como por exemplo: a igreja como corpo de Cristo, noiva de Cristo e povo de Deus. 

 

Igreja como corpo de Cristo 

 

É uma das figuras mais utilizadas pelos cristãos para significar a igreja e aparece na Bíblia em 1 Coríntios 12:12-31, Efésios 1:19-23 e Colossenses 1:18; 2:19. O conceito aponta que os membros da igreja são um corpo, interdependentes uns dos outros, e Jesus Cristo é a cabeça desse corpo (Colossenses 1:18).

 

Igreja como noiva de Cristo

 

O casamento é visto como um reflexo do relacionamento de Cristo com a sua igreja. As referências estão nos livros de Efésios 5:23-33; 2 Coríntios 11:2; Apocalipse 19:7-9.

 

Igreja como povo de Deus

 

No Novo Testamento, o povo de Deus não é identificado com uma nação ou raça, mas como os que são salvos ou a igreja: 1 Pedro 2:9-10; Romanos 9:24-26 e Tito 2:14.

 

Onde estudar eclesiologia?

 Se interessou em estudar toda a estrutura da igreja, sua história e impacto na sociedade? Estes são os cursos que contém disciplinas de eclesiologia:

 

Bacharelado em Teologia a Distância

Bacharelado em Teologia Presencial